segunda-feira, 12 de março de 2018

BEM ESTAR Clínica Médica agora com Médico Gastroenterologista e Clínico Geral

Dr. Leonardo Zimmermann
      Desde fevereiro deste ano a Bem Estar Clínica Médica, localizada na rua Dr. Monteiro 1143, em frente ao Hospital, proporciona o atendimento do Dr, Leonardo Zimmermann de Souza.
       Zimmermann, especialista em clínica médica pela FURG e, especialista em gastroenterologia pela UFPEL, atende todas as segundas-feiras (com agendamento prévio) na Bem Estar.
        Em entrevista ao Meridional, Dr. Leonardo esclareceu alguns pontos importantes de sua especialidade:
      É importante ressaltar que o exame denominado colonoscopia é recomendado a todas as pessoas a partir dos 50 anos de idade, assim como são os exames de mama, próstata, colo do útero, entre outros. Doenças que podem ser detectadas através deste exame, possui muito mais chances de cura quando feito no início e, geralmente elas não apresentam sintomas a não ser quando em estágio adiantado.
       Da mesma forma as hepatites também merecem atenção. A hepatite C é transmitida por vírus e também não apresenta sintomas em sua fase inicial, por isso, é importante que se tenha o cuidado de fazer exames preventivos.
       Todas essas doenças do trato gastrointestinal, pâncreas, boca, duodeno, esôfago, entre outros, fazem parte de minha especialidade. Quando a pessoa apresentar quadros de dores abdominais, vômitos, diarréia, etc, deve procurar o médico. 
Ao ser perguntado sobre qual é o principal problema relacionado à desinformação para com as doenças, Zimmermann aponta:
        -Hoje em dia, as pessoas consultam a internet, digitam os sintomas da doença e "adquirem" um diagnóstico, muitas vezes errôneo pois cada caso é um caso e varia de paciente para paciente. Por isso é sempre bom ressaltar: se você está com algum sintoma adverso, procure o clínico geral que vai fazer a avaliação e, se for o caso, encaminhá-lo para um especialista. É com certeza, o caminho mais seguro.
        Como mensagem final da entrevista, o médico alerta:
       -Prevenção não deixa marcas! Hoje em dia, até o câncer tem cura, dependendo do estágio em que for diagnosticado. Portanto, consulte o médico e faça exames preventivos regularmente!

A Bem Estar Clínica Médica, ainda possui os seguintes especialistas:
Psiquiatra- Dra. Marisabel Morocini
Fisioterapeuta Quiropraxista - Dr. Maicon Venzke
Urologista - Dr. Daniel Duarte
Ortopedista /Traumatologista - Dr. Selmar Simões
Psicóloga - Dra. Thaís Silveira
Pediatra - Dra. Luciana Yazye
Ginecologista - Dra. Érika Vaz
Ultrassonografia - Dr. Cleinner Teixeira
Otorrinolaringologista - Dr. Frederico Vargas
Nutricionista - Patrícia Costa
Exames: Espirometria, acuidade visual e eletrocardiograma - Enfermeira Rebeca Rios Castilhos

Jornal Meridional - O Jornal que todo mundo lê!


quarta-feira, 7 de março de 2018

Dia Internacional da Mulher

O conselho Municipal dos Direitos da Mulher está organizando um passeio ciclístico para homenagear a data. A saída será a partir das 15h da clínica Bem Estar (Dr. Monteiro 1143), com destino a praça central.

terça-feira, 6 de março de 2018

Menos armas é mais segurança? Mateus Bandeira


            As elites intelectuais e artísticas têm uma receita pronta para a diminuição da violência: mais investimento em educação, medidas para aumento da renda da população e restrição ao porte de armas. Esse é exatamente o caminho que o Brasil tem seguido. Mas será que surtiu os resultados esperados? As estatísticas evidenciam que não.
            Sancionado pelo presidente Lula, o Estatuto do Desarmamento passou a vigorar em 2003. Dois anos depois, fomos chamados às urnas para decidir se o comércio de armas deveria ser proibido. O recado foi claro: 64% das pessoas não queriam perder seu direito à autodefesa. No Rio Grande do Sul, esse foi o posicionamento de 86% dos cidadãos.
            Desde que o estatuto começou a valer, a renda média real do brasileiro cresceu 33%. A taxa de crianças nas escolas atingiu 97%, com o orçamento do Ministério da Educação sendo quadruplicado, de R$ 33 bilhões para R$ 136 bilhões. Enquanto isso, o número de homicídios subiu 20%, superando a casa das 60 mil mortes por ano – mesmo número de vítimas da bomba atômica que explodiu em Nagasaki, no Japão. Desses assassinatos, apenas 5% são solucionados.
             Outra mentira disseminada é a de que os países com menos armas são os mais seguros. Nações como Canadá, Suíça e nosso vizinho Uruguai combinam uma população civil amplamente armada e baixos índices de violência. Já a Venezuela, desarmada por Chávez e Maduro, tem como capital a cidade mais violenta do mundo.
            Precisamos reforçar o óbvio: armas são objetos inanimados, que não matam sem a ação humana. Aliás, a mesma lógica se aplica para os carros, que causam dezenas de milhares de mortes por ano. Seria razoável proibir sua utilização em razão disso? Graças à legislação federal, apenas os bandidos andam armados, enquanto as pessoas de bem estão indefesas e reféns da criminalidade.
            A realidade atesta que o Estado brasileiro não consegue garantir minimamente a nossa segurança. Portanto, se o país não tem condições de proteger seus cidadãos, por que os proibir de se defenderem dos criminosos? Precisamos, com urgência, abandonar a “fórmula mágica” do combate à violência. E, respeitando o que foi decidido no referendo, deve ser reconhecido o direito do cidadão de possuir armas.
Ex-CEO da FALCONI e ex-presidente do Banrisul

segunda-feira, 5 de março de 2018

Afastado interino de Cartório Extrajudicial em Arroio Grande

NOTA OFICIAL


Por decisão da Juíza de Direito Vanessa Nogueira Antunes Ferreira, o interino do Cartório de Serviço Registral da Comarca de Arroio Grande, Guilherme Brum de Barros, foi afastado do cargo por irregularidades.

Conforme a magistrada, foi instaurado expediente a partir de inspeção realizada em novembro do ano passado, onde foram verificadas uma série de irregularidades na prestação de contas, entre elas, despesas vultosas realizadas sem prévia autorização da direção do Foro de Arroio Grande, inclusive reforma em prédio particular, alugado do genitor do interino; contrato vultuoso de prestação de serviços de internet, sem apresentação do respectivo contrato e recebimentos de valores acima do teto constitucional.

A Juíza afirma que Guilherme, diante das cobranças de prestação de contas,  informava que “oportunamente” disponibilizaria as notas fiscais e contratos, no entanto, protelava a apresentação dos mesmos.

“A moralidade administrativa e a legalidade a que deve se submeter todos os serviços de natureza pública não podem esperar “oportunamente”, devem ser exercidas segundo a segundo”, afirmou a Juíza.

Segundo os cálculos, o prejuízo aos cofres públicos ultrapassa R$750 mil. Assim, a magistrada determinou o afastamento de Guilherme, bem como o bloqueio de bens em nome dele e da serventia, a fim de garantir ressarcimento em eventual condenação.

“O interino não é digno de confiança, devendo sobre ele recair a responsabilidade pelas falhas reiteradamente perpetradas no tempo (situação que veio à tona sequencialmente em todas as inspeções realizadas pela Corregedoria)”, destacou a magistrada.

Foi determinado o fechamento da serventia no período de 01 a 08 de março de 2018, para fins de adequação do serviço. Foi nomeado novo interino, Rui Aurelio da Fonseca, titular do Serviço Registral da Comarca de Santa Vitória do Palmar, visto que não há titular mais antigo com as mesmas especialidades na Comarca de Arroio Grande, nem num raio de 100Km. O novo interino está respondendo pelo Cartório desde 01/03.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Escolas de samba recebem subsídio para o carnaval 2018

A Prefeitura Municipal de Arroio Grande repassou R$ 88 mil às entidades carnavalescas referente à verba de auxilio para o Carnaval 2018. O Secretário Municipal de Cultura, Cláudio D'Ávila juntamente com os chefes do executivo municipal Prefeito Luis Henrique Pereira e Vice-Prefeito Ivan Guevara, oficializaram o repasse na prefeitura, na manhã desta quarta-feira (10).Os presidentes das três escolas de samba que irão participar da folia de momo este ano, bem como a presidente da escola mirim participaram da reunião. Cada entidade carnavalesca recebeu o valor R$ 27 mil. A escola mirim recebe o valor de R$ 7 mil, estes valores são os mesmos repassados no ano de 2017, valor acordado entre comissão de carnaval, executivo e entidades carnavalescas a fim de viabilizar a execução do Carnaval 2018.
Segundo o Sec. Cláudio da pasta da Cultura, incentivar o carnaval arroio-grandense é mais que tradição. "O executivo municipal trabalha muito para que possamos garantir este recurso para o nosso carnaval. Tudo isso por respeito a este evento, por amor a Arroio Grande e, também, para manter viva aqui esta festa popular", destacou o secretário. 
O prefeito Henrique em entrevista as rádios locais fez questão de ressaltar o trabalho que é feito ao longo do ano pelas entidades para o dia do desfile. Henrique aproveitou a oportunidade para esclarecer que a verba destina ao carnaval é oriunda de caixa livre, ou seja, dos impostos arrecadados pela municipalidade e não vinda de fontes federais como erroneamente repercutido por alguns mal informados. 
As escolas receberam seus valores após a assinatura de documentação necessária bem como a presença da presidência e tesouraria da mesma, através de entrega de cheque se enquadrando nas normativas do TCE. No carnaval 2018 entram na passarela as escolas de samba Acadêmicos do Grande Arroio (que retorna ao carnaval), a escola Samba no Pé e Unidos do São Gabriel, por motivos de força maior a escola Unidos do Promorar não estará realizando sua participação neste ano, também se fará presente na programação adentrando a passarela a Escola Mirim Amigos do Pipoquinha.
O vice-prefeito  enfatizou o formato do carnaval de Arroio Grande que visa reduzir custos para viabilizar a folia, por meio da terceirização da estruturação de arquibancadas, praça de alimentação entre outros o que já foi realizado no ano de 2017 e possibilitou a realização do evento.
Finalizando a reunião Henrique desejou boa sorte a todas a escolas e disse que torce sim mas como prefeito torce por um bom carnaval a todos e que vença a melhor escola, agradeceu ao apoio e parceria imprescindível com a Brigada Militar para manter o evento como nos anos anteriores de forma ordeira. 






quinta-feira, 18 de maio de 2017

SMTHDS presente na capacitação do CONGEMAS

      A equipe da SMTHDS se fez presente juntamente com a 1ª Dama Eliane Antunes na reunião do CONGEMAS no dia 12/05 realizada em Bento Gonçalves- RS. O Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (CONGEMAS) é uma Associação Civil, sem fins lucrativos, com autonomia administrativa, financeira e patrimonial, de duração indeterminada.
      O evento ofereceu capacitação referente a políticas publicas (Bolsa - Família / Proteção Social Básica/Proteção Social Especial) e também a implantação no município do programa Criança Feliz.

      Conforme a equipe que se fez presente na reunião o tema abordado vem de encontro às necessidades do município, citaram ainda que toda capacitação é de valia pois o foco é o melhoramento constante das atividades da equipe.
PREFEITURA MUNICIPAL DE ARROIO GRANDE
Departamento Municipal de Trânsito


CONVOCAÇÃO:

O Departamento Municipal de Trânsito vem por meio desta, convocar a todos os taxistas do Município de Arroio Grande, para comparecerem na reunião que será realizada na Câmara de Vereadores às 10hs do dia 23 de maio de 2017.

ATENÇÃO:

A presença de todos os taxistas nesta reunião é muito importante para o bom desenvolvimento do trabalho desta classe.

Assina: Marco Aurélio Androuchetti

Dep. Municipal de Trânsito 

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Coroação das Misses da Região Sul movimenta Shopping Pelotas



Foto Kevin Juarez
Dezenas de cidades da região sul do Estado estiveram representadas no Shopping Pelotas no último sábado, 29, durante o evento de coroação das Misses da Região Sul, promovido pela Polishop e a Rede Bandeirantes de Televisão, e também a escolha regional do Miss e Mister Mercosul. As candidatas agora levarão o nome de suas cidades para as etapas posteriores do concurso Miss Rio Grande do Sul Universo Be Emotion, divulgando a força, a cultura e o turismo da região sul.


Foto Kevin Juarez/Reverso Comunicação
A noite iniciou prestigiando a cultura pelotense com as apresentações da Cia de Dança Corpo e Dança e também do cantor Tony Konrath, que animou o público com inserções durante o evento. O concurso Miss e Mister Mercosul, que busca aproximar a cultura e o turismo entre os países do Mercosul, deu início aos desfiles. O corpo de jurados foi formado pelo apresentador e diretor da New Life Produções Paulo Madruga, o ator, bailarino coreógrafo e médico Ronaldo Garcia, o colunista social Astrogildo Pinto e o publicitário Leonardo Adegas. Durante a escolha, foram titulados também o Mister Beleza Turismo Internacional, Joel Borges, e a Miss Rio Grande do Sul Mercosul Turismo Sênior, Teresinha Tedesco. Os resultados do Miss Mercosul Turismo coroou os seguintes candidatos: Natalhia Perondi, de Pinheiro Machado, como Miss RS Mercosul Turismo Primeira Princesa na categoria Teen; Gabriela Souza, de Santa Vitória do Palmar, como Miss RS Mercosul Turismo na categoria Teen;Andrei Richter, de Pelotas, vice Mister RS Turismo; Adriano Rodrigues, da Praia do Laranjal, Mister RS Mercosul Turismo; Nathalia Bitencourt, de Xangri-lá, Segunda Princesa Miss RS Mercosul Turismo; Aline Cervi, de Bento Gonçalves, Primeira Princesa Miss RS Mercosul Turismo; Mariana Mathies, de Pelotas, Miss RS Mercosul Turismo.

Nove misses da região sul receberam a sua coroação oficial: Fernanda Morales, de Arroio Grande; Laura Matos, de Bagé; Débora Lopes, do Capão do Leão; Jéssica Chardosim, do Chuí; Taiane Pereira, de Hulha Negra; Juliana Peil; de Morro Redondo; Alina Furtado, de Pelotas; Lauren Richter, de São Lourenço do Sul; e Ingrid Moreno, de Santa Vitória do Palmar.

A apresentação do evento foi realizada pelo vice Mister RS, Vinicius Lopes, e a Miss RS Tourism World 2015, Luciani Kems. O coordenador do evento, Sérgio Piñeiro, deu as boas-vindas ao público e agradeceu o apoio do Shopping Pelotas, que, segundo ele, já é um centro comercial de referência na região. O prefeito em exercício de Pelotas na ocasião, Idemar Barz, também prestigiou a coroação e destacou que momentos como esse são importantes para promover o turismo e a cultura pelotense. A corte da Fenadoce 2017, formada pela rainha Fernanda Rott e as princesas Bibiana Dias e Laura Braga, além de acompanhar os desfiles, deixou ao público um convite especial para visitarem a feira, que acontecerá de 31 de maio a 18 de junho.

O coordenador de Marketing do Shopping Pelotas, Rafael Almeida, ressaltou que a realização da etapa regional do Miss RS no shopping só reforça a importância do local como um destaque na região. Segundo ele, apoiar eventos que promovam a integração, o turismo e a cultural regional fazem parte das estratégias de aproximação do shopping com toda a região sul.

A Coroação das Misses da Região Sul do Miss Universo Be Emotion BAND TV conta com o apoio do Shopping Pelotas e da Prefeitura Municipal de Pelotas através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo. A coordenação geral é da Polishop e da Rede Bandeirantes de Televisão na região Sul do Rio Grande do Sul contemplando 22 municípios e tem como coordenador regional Sérgio Piñeiro.

sábado, 29 de abril de 2017

GREVE GERAL - Ato Contra reformas também acontece em Arroio Grande

      Durante a sexta-feira (28) por todo o país trabalhadores realizaram manifestações contra as Reformas Trabalhista e da Previdência propostas pelo governo Federal. A convocação para a Greve Geral veio das Centrais Sindicais e, as principais cidades do país registraram bons números de participantes. Nas cidades do interior também aconteceram protestos de diferentes formas. em Pelotas desde cedo foram formadas barricadas para impedir, principalmente, a saída de ônibus que quisessem circular pela cidade.
Em Arroio Grande, no final da tarde, representantes de entidades e servidores públicos participaram de uma caminhada luminosa. Segundo os organizadores foram cerca de 500 pessoas entre representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, CPERS, Sindijus, Corsan, CEEE, SSMAG, Servidores Estaduais e Municipários. Ao chegar na Praça Central os discursos foram de repúdio às reformas e de pressão aos políticos para que preservem os direitos dos trabalhadores.



Comitiva da Fenadoce 2017 entrega convite ao governador em Porto Alegre


Foto Claiton Santos/Reverso Comunicações
Foto Claiton Santos/Reverso Comunicações
     Há quase um mês do início da Fenadoce 2017, que acontece de 31 de maio a 18 de junho, a corte da feira visitou a capital gaúcha nessa quarta-feira, 26, para convidar as autoridades do Estado a prestigiarem e apoiarem o evento. Em Porto Alegre, a rainha Fernanda Rott e as princesas Bibiana Dias e Laura Braga, acompanhadas do vice-prefeito de Pelotas, Idemar Barz, e da comitiva da Câmara de Dirigentes Lojistas de Pelotas (CDL), formada pelos conselheiros Mauro Bessa e Max Michels e a produtora cultural da feira, Adriane Silveira, cumpriram uma agenda extensa e entregaram em mãos, ao governador José Ivo Sartori, o convite para a feira.

       A agenda do dia iniciou com uma visita à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul nos gabinetes dos deputados Miriam Marroni (PT), Catarina Paladini (PSB), Missionário Volnei (PR), Luís Augusto Lara (PTB), Marcel Van Hattem (PP), Tiago Simon (PMDB) e o vice-presidente da Assembleia, Frederico Antunes (PP). O deputado Catarina afirmou no encontro que a Fenadoce está diretamente relacionada à autoestima e ao espírito acolhedor dos pelotenses. "É uma feira que mesmo em um período de crise segue forte, levanta a alma do pelotense que recebe todo mundo muito bem e é essa a cidade que queremos passar para todos", destacou. A deputada Miriam Marroni reforçou a força da feira além do Estado. "Quando vamos ao Uruguai todo mundo lembra da Fenadoce e diz que vai visitar", contou ela. Assim como Miriam, o deputado Missionário salientou o potencial turístico. “A Fenadoce é importante não só pelo desenvolvimento econômico, mas como um grande polo turístico”, disse.

     No gabinete da presidência da Casa a comitiva foi recebida pelo segundo secretário, Juvir Costella (PMDB), que parabenizou as entidades que promovem a feira pela continuidade ao longo dos anos e reforçou o apoio do Estado. “Mesmo em um momento de crise, Pelotas dá uma demonstração de que segue incentivando o turismo, a geração de emprego e a cultura através da Fenadoce”, declarou ele, que lembrou também que os benefícios da Fenadoce se estendem a toda região e à imagem do Rio Grande do Sul, não ficando somente em Pelotas.

     Em meio aos encontros políticos, a corte e o vice-prefeito ainda participaram da transmissão do programa de rádio Pelotas 13 Horas, transmitido diretamente da rádio do Palácio Piratini e que teve a Fenadoce como assunto principal. Em seguida, a comitiva visitou a Secretaria do Estado de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, sendo recebida pelo secretário Victor Hugo Alves da Silva, o Secretário Adjunto, André Kryszczun e o Diretor de Turismo, Abdon Barretto Filho. Na ocasião, foi apresentado pela secretaria o aplicativo Turismo RS, disponível para smartphones e tablets, que reúne informações sobre roteiros, cidades e eventos do Estado. Durante o período da Fenadoce, o evento ganhará destaque no aplicativo. A visita reforçou o apoio da secretaria estadual com a feira, que foi destacada por seguir valorizando a região sul.

       Ao fim do dia a comitiva foi recebida pelo governador José Ivo Sartori, que recebeu doces e o convite oficial para visitar a feira. Sartori afirmou que solicita às suas secretarias que sempre busquem recursos para apoiar a os projetos da Fenadoce, visto que reconhece a importância da feira para o desenvolvimento da região e que também é motivo de orgulho para todo o Estado. Junto ao governador estava também o presidente da Associação Gaúcha do Varejo,
 
       Vilson Noer, e o secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, que confirmou na programação da Fenadoce a realização de mais uma edição da Feira da Agricultura Familiar, promovida pela secretaria.

UFPel terá cotas também na pós-graduação

UFPel terá cotas também na pós-graduação

     Um dos pontos defendidos pelo reitor Pedro Curi Hallal na audiência pública realizada no Senado Federal, no dia 3 de abril, para tratar sobre cotas e permanência nas universidades, a ampliação das cotas para a pós-graduação, está se tornando realidade na UFPel. O Conselho Universitário aprovou nesta semana resolução que determina aos cursos de pós-graduação strictu sensu, que são os de mestrado e doutorado, que reservem no mínimo 25 por cento das vagas para negros, quilombolas, indígenas e portadores de deficiência.
      A UFPel é a primeira universidade gaúcha a implantar a medida e uma das primeiras do país a instituir as cotas também na pós-graduação. A administração da Universidade estima que entre 150 e 200 estudantes ingressarão nos cursos de pós-graduação até o fim do ano, pelas novas cotas.
A  medida também prevê ações que permitam a permanência destes estudantes nos cursos. As coordenações dos programas deverão planejar ações e atividades complementares que possibilitem a permanência dos estudantes cotistas, realizando um acompanhamento contínuo das suas vidas acadêmicas. A Administração Central da Universidade, por meio de suas pró-reitorias, também deverá propor ações no mesmo sentido, em complementação àquelas implementadas pelos programas de pós-graduação.
       A resolução entra em vigor imediatamente, e valerá por dez anos, prorrogáveis a partir das avaliações que serão feitas na Universidade. A UFPel possui 44 mestrados e 23 doutorados, nas mais diversas áreas.
     Entre as motivações para a adoção da medida na UFPel, está a premissa que também a pós-graduação deve atender ao mandamento estatutário da democratização da educação, no que se refere à equidade de oportunidades de acesso. O Conselho Universitário, para aprovar a medida, considerou ainda, entre outros pontos, que os programas de pós-graduação se beneficiarão academicamente da adoção desta política, que favorecerá as diversidades étnica e cultural em seu corpo discente e ampliará as suas inserções sociais.
Para o coordenador de pós-graduação da Universidade, Rafael Castro, a política, além de fazer um reparo histórico, vai “trazer a cara da sociedade para a pós-graduação da UFPel”.